Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Desafio 52 Semanas - Semana #3

por Diana M., em 30.04.15

balão3.jpg

 

1. Tomar banho de mar - Como não?! Ir à praia e tomar um banho de mar... ou dois... ou três! Passar o tempo dentro de água para refrescar o corpo. Tão bom!

 

2. Dormir - Porque eu fico sempre com uma moleza enorme e detesto o calor por esta razão. O meu cérebro derrete, tudo faz "shut down", fico super mole e sonolenta e por vezes acabo por adormecer à tarde. Não me aguento, de todo.

 

3. Comer gelados - Que, pelos vistos, é coisa que para estes lados vai deixar de se fazer por causa da recém descoberta intolerância à lactose. Sim, sei que há gelados sem lactose, de soja, etc, mas são mais caros e eu não tenho dinheiro para eles. Enfim... *chora*

 

4. Estar numa esplanada à noite - Das coisas que mais gosto é sair com um grupo de amigos, depois do jantar, e ir para uma esplanada à noite. Se for à beira-mar ou à beira-rio então ainda melhor, porque ainda se apanha um ventinho que sabe tão bem.

 

5. Caracóis! - Porque o verão é a época oficial dos caracóis e eu adoro comer caracóis. A-D-O-R-O! Como às travessas, ninguém me pára!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Grey's Anatomy - Derek Shepherd

por Diana M., em 28.04.15

Greys-Anatomy-Derek-Shepherd-Poster.jpg

 (sim, o poster é da temporada 7 mas é um dos meus favoritos)

 

Acompanho esta série desde o início e sempre foi uma das minhas preferidas. Durante muito tempo quis ser cirurgiã e tenho muita curiosidade sobre a área da medicina. Há uns anos fui operada ao joelho e o médico, inclusive, perguntou se eu queria ver e claro que disse logo que sim! Adorei, parecia que estava a ter uma aula e a ver o meu joelho por dentro.


Por isso, séries como a Grey, o saudoso E.R., Private Practice e afins, foram coisas que vi com imenso gosto e curiosidade. Sempre gostei do misto de casos médicos, desde as coisas mais simples às mais complexas, com a parte emocional, das relações humanas, umas mais complicadas do que outras, entre os médicos que "habitam" um hospital.

 

Mas depois vem a Grey, culpada de muitos suspiros, muitas tensões e muitos choros. Oh, sim. Muita choradeira e coisas bonitas no meio da tragédia. Penso que só não vi a décima temporada toda porque na altura desinteressei-me, mas depois a décima primeira lá me cativou outra vez e lancei-me.

 

Já andava por aí muito burburinho na internet, principalmente nas redes sociais sobre o episódio mais recente que estreou sexta-feira passada. E eis que, depois de conseguir evitar spoilers, ontem lá fiquei a saber o que se passava. E foi mais choradeira. AVISO: SPOILERS A PARTIR DAQUI

 

Querida Shonda Rhimes:

 

PORQUE TINHAS QUE MATAR O DEREK??!?!?!? O meu coração esteve angustiado até ao fim, na esperança de que o Derek acordasse, como que por milagre, mesmo depois de desligarem as máquinas, mas não. O Derek foi-se. Ainda por cima depois de actos tão generosos e dignos, depois de ter salvo vidas, depois do "It's a good day to save lives". Há muito tempo que não sentia a morte de uma personagem tão a peito. Porque ele era das personagens mais queridas, mais antigas da série, a par da Meredith, Richard, Bailey, Callie e Karev. O MacDreamy foi-se da maneira mais irónica e mais cruel. O destino prega partidas, tem destas coisas e Shonda Rhimes mostrou isso tão bem neste episódio. Vou sentir tanta falta do Derek e do amor que partilhava com a Meredith. De todos aqueles momentos mágicos que uma pessoa da vida real pode só sonhar. Estou para aqui toda melosa, sim, mas eu gostava mesmo do Derek e não queria que ele se fosse embora... Depois de tudo o que passou, das várias quase mortes, daquilo que ele e a Grey tiveram que ultrapassar... Shonda, porque não me deixaste viver com a ilusão do feliz para sempre?!?!

 

Oh well... E depois de tudo, esta ainda é uma das minhas cenas preferidas:

 Bye Derek. You'll be sorely missed...

Autoria e outros dados (tags, etc)

E a semana foi assim...

por Diana M., em 27.04.15

semana (1) (2).jpg

No mundo real: Esta semana, para mim, parece que foram dois dias: passou num ápice, nem dei por nada! Dias passados na biblioteca da faculdade, a ler para a tese, a tomar notas de ideias, temas para trabalhos futuros, apontamentos para a tese propriamente dita, porque já lá vão praticamente 7 meses desde que comecei isto e já tenho qualquer coisa para escrever. É o que dá dedicar-me só a isto.

Mas também há tempo para descansar e espairecer. Num dia decidi ir passar a tarde ao Colombo, saí de lá com duas peças de roupa novas e umas horas passadas com uma amiga que encontrei por lá, por acaso, no meio dos livros, pois claro está :) *acena à Célia*

E depois no dia a seguir não me apeteceu estar sozinha na faculdade e fiquei a trabalhar em casa. Rever um trabalho, planear algumas coisas, pôr coisas em dia, pôr mais livros no Kobo...

Na TV: Vi o episódio 11 de Outlander que gostei tanto (e qual é a novidade?)! E só me lembrava dos Monty Python. Quem leu o livro ou viu este episódio e já viu o Monty Python and the Holy Grail, acho que consegue fazer a ligação. Também vi o segundo episódio de A Game of Thrones e já decidi que não vou ver mais. Deixem-me.

Vi também um programa especial sobre os 25 anos do telescópio Hubble. E se há coisa que sei é que se por acaso não me tivesse virado para a área das letras, de certeza que tinha ido para a astronomia. Adoro tudo o que diga respeito a estrelas, planetas, corpos celestes, galáxias e o universo.

A Ler: E pois que desisti do House of Leaves. Eu já estava com vontade de desistir, porque olhava para o tamanho do livro e desmoralizava logo. E então o facto de o ter que entregar na biblioteca (porque o livro não é meu, requisitei-o), acho que deu mais um empurrãozinho para não o ter que ir buscar novamente. Tenho a cabeça muito cheia de outras coisas relacionadas com o doutoramento e não estou a atinar com os livros. Vou experimentando. Vou pegando neles, leio 20 ou 30 páginas e depois decido. É o que tenho andado a fazer, basicamente...
O único sobrevivente é um livro que estou a ler no contexto da minha tese: A Short History of Fantasy, de Farah Mendlesohn e Edward James. Muito giro e fácil de ler.

Filme da semana: Esta semana foi a vez de Vertigo, de Hitchcock, embora só tenha visto ainda metade. Nas aulas vemos metade de cada filme e depois toda a aula comenta o filme.

Música da semana: I Don't Believe in Tomorrow, de Lacuna Coil. Há algum tempo que não ouvia LC e esta semana esteve em loop no meu mp3. Esta música é das minhas preferidas do álbum Dark Adrenaline (2012).

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desafio 52 Semanas - Semana #2

por Diana M., em 24.04.15

nunca.jpg

 

1. Roubei - Nunca roubei nada a ninguém. Nem dinheiro, nem objectos de valor (ou sem valor), nada. Nem quando era miúda, naquelas brincadeiras de criança. Como sou péssima a mentir, acho que mesmo que diga "eu não fiz nada", vai-se notar logo que fiz. Por isso nunca me atrevi a fazer coisas que saberia que depois seria apanhada.

 

2. Fiz mal a animais - E ai de quem o faça à minha frente! Já aconteceu e o caso não foi bonito... Detesto ver violência, seja contra quem for, mas aos animais é coisa que me tira do sério e me vira do avesso. Seria incapaz de fazer o que quer que fosse a algum animal e acho que esse sentimento ainda se tornou mais forte depois de ter a minha gata. *vai a correr abraçar a gatixa até ela começar a esgatanhar-me toda*

 

3. Li o Código Da Vinci - Como sou contra modas, quando andava toda a gente a ler o Código Da Vinci, do Dan Brown, recusei-me a ler. Depois li todos, mas TODOS, os livros do Dan Brown que metam o Robert Langdon, e continuo ainda sem ler este. E até o tenho lá em casa. Capa dura. Enfim...

 

4. Parti a cabeça - É daquelas coisas que aconteceu a grande parte das crianças, mas a mim não. Fartava-me de bater com a cabeça no chão, e em paredes, e pedras de mármore e ficar com galos do tamanho de bolas de golfe, mas nunca, nunca cheguei a partir a cabeça.

 

5. Aprendi a nadar - Adoro o mar, adoro estar dentro do mar. Aliás, ir para a praia e não ir tomar banho ao mar está fora de questão. Até já o fiz estando a chover. Mas a verdade, por mais tempo que lá esteja, que dê uns mergulhos e tal, a verdade é que não sei nadar e nunca aprendi. Se calhar estava na altura, não sei...

Autoria e outros dados (tags, etc)

E a semana foi assim...

por Diana M., em 20.04.15

semana (1) (2).jpg

 

No mundo real: Esta semana foi semana de estrear sapatos e, consequentemente, de ficar com os pés em chaga. Vá, não sejamos tão dramáticos... Mas fiquei com um calcanhar lixado com F maiúsculo e ainda hoje ando com um penso rápido no pé. Valha-nos os pensos para as bolhas, nos calcanhares, que já só consegui comprar em Lisboa.

 

9 (1).jpg

Também fiz uma ressonância magnética e, pela primeira vez na vida, tive que usar contraste. É um bocado estranho, sente-se o líquido a entrar nas veias, sente-se um friozinho, mas nada de extraordinário. Correu tudo bem, agora vamos a ver os resultados.

No fim-de-semana fui aos travesseiros da Piriquita! Dos poucos doces tradicionais daqui da zona que ainda consigo comer, porque pastéis de nata ou pastéis de Belém foram à vida, por causa da intolerância à lactose... *chora*


Na TV: Esta semana só vi o primeiro episódio da nova temporada de A Game of Thrones e o décimo episódio de Outlander. Gosto cada vez mais de Outlander. Está tudo tão bem feito: os diálogos, o guarda-roupa, a química e dinâmica das personagens, a música... ai, adoro!! Também foi divulgado o novo trailer para a segunda temporada de True Detective. Vamos ver o que sai daqui, uma vez que a primeira temporada vai ser muito difícil de ultrapassar!

 

O que ando a ler: Agora peguei no House of Leaves do Mark Z. Danielewski. Sim,

99.jpg

 sim, desisti do Adoecer da Hélia Correia. Não estava a atinar com leituras nem por nada e resolvi pegar neste livro complexo, desafiante e de 700 páginas. Acho que é o primeiro livro desde o Mistborn que me está a agarrar desde o início, apesar de toda a complexidade do livro. Ás vezes sabe bem ler um livro que puxe por nós, e se calhar era isso que me estava a faltar. Começa logo assim: "This is not for you".

 

Música da semana: Apeteceu-me rever o MTV Unplugged dos Nirvana e a All Apologies é das minhas preferidas. It hits me everytime.

 

Filme da semana: Esta semana não vi filme nenhum, mas foi a semana da divulgação do novo trailer do Star Wars: The Force Awakens que estreará por altura do natal. Ainda não sei bem o que pensar, mas gostei tanto do trailer! Confesso que fiquei arrepiada. Porque, convenhamos, a banda sonora é tudo nesta saga. E o Han Solo! E o Chewie! Opá, pronto, já parei. No dia seguinte ao do Star Wars, foi divulgado também o trailer de Batman vs. Superman. Quero tanto! Apesar de ser com o Ben Affleck (gosto tanto do Bale, mas pronto...) quero muito ver este filme porque adoro o Batman, é o meu super-herói favorito.

"Tell me: do you bleed? You will."

*squeeee!*

Autoria e outros dados (tags, etc)

52 Semanas - Semana #1

por Diana M., em 16.04.15

Post-it_1 (1).png

 

1. Ler/Livros

Tudo o que diga respeito a livros, no fundo. Gosto de comprar livros, de os ler e reler, de entrar em livrarias repletas de livros, mesmo que não compre nenhum, trocar opiniões sobre leituras, descobrir livros novos, passar duas horas completamente abstraída do mundo, embrenhada na leitura. Adoro ler e adoro livros.
 
2. Caminhadas na natureza
 
É algo que agora não tenho tido grande oportunidade de fazer. Mas adoro fazer caminhadas principalmente na praia ou na floresta. Adoro "perder-me" nesses momentos e relaxar. Se for descalça então, ainda melhor!
 
3. A minha gata
 
Tenho uma gata com quase 12 anos que se chama Kittie. Eu sei, toda uma imaginação. Mas faz-me imensamente feliz sempre que ela me vem pedir colo, quando me vem chamar para brincar, quando dorme comigo à noite, quando faz asneiras e depois vem ter comigo com se nada se tivesse passado. Acho que aprendemos com os animais o que é o amor incondicional - porque eles têm-no por nós e nós aprendemos a tê-lo por eles. Adoro a minha bicha!
 
4. Música
 
Não consigo viver sem música. Ponto. É daquelas coisas que há para todos os gostos, todos os momentos, todos os estados de espírito. Faz-me imensamente feliz ouvir música e passar por sensações tão diversas. Adoro ir a concertos porque tudo se torna mais intenso e mais vivo. A música faz parte de mim.
 
5. Família
 
Não se consegue viver com ela, não se pode viver sem ela. Por mais que digamos mal uns dos outros, por mais chateados e por mais embirração que possa haver, é a família que está lá em todos os momentos. Adoro a minha família tresloucada e não a trocava por nada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desafio 52 semanas

por Diana M., em 15.04.15
E porque ideias me faltam e vou "roubá-las" aos outros, aqui fica mais uma. Vi isto no blog Coisas que..., que, por sua vez, viu no blog Nuage dans Mon Café. Trata-se de um desafio que se prolonga durante 52 semanas e consiste em fazer um Top5 consoante o tema de cada semana. Como me pareceu interessante decidi fazê-lo por aqui também. O primeiro post vem amanhã, mas aqui vai a lista das perguntas de cada semana:

Semana 1: Coisas que me fazem ficar feliz
Semana 2: Eu nunca...
Semana 3: Coisas para se fazer no calor
Semana 4: As minhas citações preferidas são: (trechos de livros, de músicas, frases de autores, etc)
Semana 5: Fazem parte da minha wishlist
Semana 6: Os super poderes que eu gostaria de ter se fosse um super herói seriam…
Semana 7: Eu sempre…
Semana 8: Os melhores filmes infantis que já assisti foram...
Semana 9: Pessoas que eu gostaria de conhecer/ter conhecido
Semana 10: As minhas comidas favoritas são...
Semana 11: Os meus brinquedos favoritos na infância eram...
Semana 12: Coisas para se fazer no frio
Semana 13: Fico envergonhada quando…
Semana 14: Os meus sites favoritos na internet
Semana 15: O que há de pior no mundo virtual?
Semana 16: Isso, para mim, não é diversão
Semana 17: Personagens cuja vida eu gostaria de viver por um dia: (filmes, livros, séries, etc)
Semana 18: Sinto saudades…
Semana 19: As minhas séries preferidas
Semana 20: Fico de mau humor quando…
Semana 21: Os meus piores defeitos
Semana 22: No meu frigorífico tem de haver...
Semana 23: Coisas que me incomodam no mundo contemporâneo
Semana 24: Casais preferidos (filmes, séries, livros, etc)
Semana 25: Tenho pavor de…
Semana 26: Se eu pudesse mudar de profissão, eu seria…
Semana 27: Coisas divertidas para se fazer nas férias
Semana 28: Minhas maiores “neuras” e manias são...
Semana 29: Filmes que me falam ao coração
Semana 30: Fico impaciente com pessoas que…
Semana 31: Quando não tenho nada para fazer, gosto de…
Semana 32: Ainda quero aprender
Semana 33: Tenho medo de…
Semana 34: Livros que eu acho que toda a gente deveria ler
Semana 35: As minhas piores compras foram...
Semana 36: Morro de preguiça de…
Semana 37: O que, de melhor, o mundo virtual te trouxe/traz?
Semana 38: Desculpa, mas eu acho reles...
Semana 39: As minhas melhores qualidades
Semana 40: Os meus "cheiros" preferidos são...
Semana 41: As coisas mais difíceis num relacionamento amoroso são...
Semana 42: Queres acertar no meu presente? Então dá-me…
Semana 43: Músicas que eu não me canso de ouvir
Semana 44: Os meus vilões preferidos são...
Semana 45: Lembra-me a minha adolescência
Semana 46: Parece que todos sabem _______________, menos eu.
Semana 47: Quando eu estou apaixonada…
Semana 48: Nunca tive coragem de…
Semana 49: Lugares no mundo que eu gostaria de conhecer
Semana 50: Pessoas que eu admiro
Semana 51: Coisas que me marcaram neste ano
Semana 52: No ano que vem eu quero.

Let the games begin!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esta semana foi assim...

por Diana M., em 13.04.15

semana (1) (2).jpg

 

No mundo real: Esta semana foi meio "bleh". Andei com a cabeça em água, só me conseguia praticamente focar no trabalho que estou a fazer para a faculdade, e não consegui concentrar-me em mais nada. Desisti do livro que estava a ler porque não tinha cabeça para aquilo, cheguei a sonhar com o trabalho (!!), enfim. Foi também a semana da redescoberta do Tofee Crisp! Na busca de um chocolate que não me fizesse mal (isto de ser intolerante à lactose não dá nada jeito quando toca a chocolates), voltei a descobrir a maravilha que é o Tofee Crisp. YAY! Foi também uma semana de tempo mais fresco e não tão seco, o que fez com que as minhas alergias acalmassem também.


Na TV: Continuo a ver Breaking Bad, já vou a meio da segunda temporada. A cada episódio que passa, esta série torna-se cada vez melhor.

O que ando a ler: Esta semana não li nada. Mas, de qualquer forma, trouxe comigo da biblioteca o Adoecer, da Hélia Correia. Pode ser que me anime e pegue nele.

Música da semana: Who Are U?, do David Fonseca.

Filme da semana: Esta semana foi a vez de Rear Window, de Alfred Hitchcock. Estou a ter um seminário sobre Hitchcock, daí andar a ver filmes dele.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Clássicos do cinema de terror

por Diana M., em 11.04.15
Ultimamente tenho estado a fazer um trabalho sobre o filme Rebecca, de Alfred Hitchcock, datado de 1940. Como o filme tem elementos do gótico, na minha pesquisa tenho-me deparado com referências a filmes dentro do género, mais antigos ou mais recentes, e sobre os quais tenho imensa curiosidade em ver. Posso dizer que dentro desse género, e associado ao terror/horror, já vi alguns clássicos como Frankenstein (1931) do James Whale, Bram Stoker's Dracula (1992) do Francis Ford Coppola, e o Mary Shelley's Frankenstein (1994) do Kenneth Branagh. 

Porém, na minha pesquisa deparei-me com uns tantos clássicos que ainda não vi e que tenho muita curiosidade. São eles: Dracula (1931) de Tod Browning, Nosferatu (1922) de F. W. Murnau e O Gabinete do Dr. Caligari (1920) de Robert Wiene. Todos filmes do início do século XX, todos com um ambiente muuuito sinistro (a figura do Conde Orlok é, aliás, icónica até para quem não viu o filme), e com a excepção do Dracula, os outros fazem parte do expressionismo alemão no cinema e são, por isso, filmes com uma estética muito marcada, mas de que gosto muito.
Vou tentar ver estes filmes nos tempos mais próximos e tenho a certeza de que vou ter pesadelos com o Conde Orlok. De. Certeza.


Um dia faço uma lista dos filmes deste género que vi e de que mais gostei.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

E a semana foi assim...

por Diana M., em 06.04.15

semana (1) (2).jpg

 

No mundo real: Esta foi a semana da Páscoa e, como tal, almoço de família com avós, tios, primos, essa gente toda. Nesse dia comi alheira, comida típica desta altura, claro. Foi também a semana da volta das alergias! Tão bom. Lá vai a Diana de sprays e anti-estamínicos e espirros e olhos inchados e a chorar e nariz entupido e coisas que tais. E a pele do rosto também se queixa, com a dermatite a dar sinais através de borbulhas, comichão, vermelhidão... só coisas fixes.

Foi também esta semana que me decidi a comprar um calçado alternativo aos ténis. Porque aqui o calçado da "je" resume-se a botas, ténis e sandálias de verão. Por isso, decidi comprar uns sapatos do estilo sabrinas (sem lacinhos ou enfeites) mas que dá bem com tudo e em todas as ocasiões. Não gastei muito dinheiro e estou bastante feliz com a compra. Esta coisa de estar a chegar aos 30 tem tido um estranho efeito em mim, no que toca a roupas e calçado...

No mundo virtual: Eu sigo o blog e o canal do youtube da Vic Ceridono, Dia de Beauté. Esta semana vi o vídeo que ela gravou com a Julia Petit, que lançou uma colecção com a M.A.C. no Brasil. Gostei muito do vídeo, ela apresenta os produtos da colecção, e fiquei com invejaaaaa! Adorei aquelas sombras, quero todas. Pronto. Fim do rant.
 

out.jpg

 

Na TV: Comecei, finalmente, a ver Breaking Bad. Depois de muita curiosidade e insistência da minha irmã, como esta semana tive tempo, decidi começar a ver. Vi a primeira temporada toda e estou a gostar bastante. Este fim-de-semana foi marcado também pela estreia da segunda parte de Outlander. Que saudades! Já vi este novo episódio, "The Reckoning" e gostei bastante. Saudades do Jamie e da Claire! (ok, mais do Jamie...) Estou curiosa para ver o que se segue, apesar de já saber o que se segue. Oh well...


me.jpg

 


O que ando a ler: Eu não queria. A sério que não. Mas acabei por desistir do North and South, da Elizabeth Gaskell. Não estava a conseguir sentir empatia com as personagens, achei que não era o momento certo para ler este livro e acabei por desistir... Comecei a ler o Galveias, do José Luís Peixoto.

 

 

 

Música da semana: Na verdade houve duas músicas que me ficaram na cabeça durante a semana que passou. A primeira foi a Now We Die, dos Machine Head, uma das minhas bandas preferidas de sempre. Quando ligo o mp3 é a primeira música que ponho a tocar. Mas quando ligava o rádio parecia embicar sempre para a mesma música, Elastic Heart da Sia. E ficou-me na cabeça. Machine Head e Sia, tem tudo a ver...

Filme da semana: Green Zone, de Paul Greengrass, com Matt Damon no papel principal. É um filme sobre a guerra do Iraque, mais precisamente sobre a questão das supostas armas de destruição maciças. Matt Damon é um soldado americano que começa a questionar a existência destas armas, uma vez que ele é líder de uma equipa encarregue de as encontrar mas elas nunca aparecem, apesar das informações que têm serem sempre as correctas. É um bom filme de domingo à tarde (que foi quando o vi, porque fui lanchar, liguei a tv e estava a começar este filme), que entretém. Dá para passar um bom bocado, vê-se bem e fica-se a pensar na quantidade de maquinações que os governos são capazes para atingir determinados fins.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Leituras

A Ler


goodreads.com


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D