Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Álbuns da Minha Vida (III)

por Diana M., em 23.06.15

Lá estava eu sossegada da minha vida e resolvi experimentar o Spotify. Devo ser a única pessoa à face da terra que ainda não tinha conta no Spotify, mas isso acabou-se, porque aqui a je criou uma conta para ir ver aquilo. E o que aconteceu foi uma espécie de "trip down memory lane". Porque resolvi clicar numa playlist chamada "Nu Metal", que era o que estava na moda na minha adolescência. E eu, que sempre gostei de rock e metal, lá me deparei com grandes clássicos desse género musical e com outras músicas e bandas que se foram perdendo pelo caminho. Bandas que ouvi e deixei de ouvir, músicas que ainda sei de cor, artistas que ainda hoje acompanho e gosto.


Mas uma delas se destacou-se: Korn. Foi talvez a primeira banda deste género que ouvi e, por isso, ficou na memória, no baú das recordações musicais e que marcou a minha adolescência. Ainda hoje quando ouço as músicas mais antigas deles bate uma saudade... Como tal, um dos álbuns da minha vida é o Follow the Leader (1999). Aqui fica um dos singles, Falling Away From Me.

 

 

Hey, I'm feeling tired.
My time, is gone today.
You flirt with suicide.
Sometimes, that's ok.
Do what others say.
I'm here, standing hollow.
Falling away from me.
Falling away from me.
Day, is here fading.
That's when, I would say.
I flirt with suicide.
Sometimes kill the pain.
I can always say.
'It's gonna be better tomorrow'.
Falling away from me.
Falling away from me.

Beating me down.
Beating me, beating me.
Down, down.
Into the ground.
Screaming some sound.
Beating me, beating me.
Down, down.
Into the ground.

(falling away from me).
It's spinning round and round.
(falling away from me).
It's lost and can't be found.
(falling away from me).
It's spinning round and round.
(falling away from me).
Slow it down.

Beating me down.
Beating me, beating me.
Down, down.
Into the ground.
Screaming some sound.
Beating me, beating me.
Down, down.
Into the ground.

Twisting me, they won't go away.
So I pray, go away.

Life's falling away from me.
It's falling away from me.
Life's falling away from me.
Fuck!

Beating me down.
Beating me, beating me.
Down, down.
Into the ground.
Screaming some sound.
Beating me, beating me.
Down, down.
Into the ground.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desafio 52 Semanas - Semana #10

por Diana M., em 21.06.15

balãod.jpg

 

Eu adoro comer. Adoro. Tento ter algum cuidado mas, regra geral, como de tudo. Mas aqui vão algumas das minhas comidas favoritas.

 

Alheira - Ai, gosto tanto de alheira! Com ovo estrelado, batatinha frita, arroz... Tudo coisas a mais, mas boas. Acho que comi a melhor alheira até hoje em Tomar, o ano passado, nas férias. Já venho que acho que me estou a babar...

 

Cozido à Portuguesa - Adoro. As couves. O chouriço (ai, deuses, o chouriço...). A carne. O arroz. É tão comida de inverno e aconchegante e de reunir a família toda à mesa...

 

Chocos - Outra coisa que adoro é chocos grelhados. Sem tinta ou com tinta, para andar a fazer parvoíces. E se os manos se juntarem então, é uma festa :P

 

Pasta - No fundo, tudo o que tenha massa, em geral. Bolonhesa, carbonara, macarrão, tortellini, eu sei lá...

 

Carapaus fritos com arroz de tomate - Lambuzo-me toda. Sou capaz de ser a última a sair da mesa. Se sobrarem carapaus, eu não me importo e faço o sacrifício de os comer.

Autoria e outros dados (tags, etc)

E quando as coisas acontecem..

por Diana M., em 19.06.15

... acontecem todas ao mesmo tempo.

 

Cinco dias para preparar uma apresentação numa jornada sobre o meu projecto de doutoramento.

Entrevista para uma bolsa.

Uma semana para entregar um trabalho escrito.

Uma semana para submeter um artigo para uma revista.

A primeira vez que vou estar com o período em cinco meses, com uma nova pilula e "ai meu deus será que esta me vai tirar as dores ou vou sofrer as passas do algarve e ainda por cima está calor e tpm e tudo e tudo e tudo!" (sim, a menstruação causa-me um sofrimento tal que é motivo de ansiedade para mim)

 

*Respirar um bocadinho sem hiperventilar*

 

Vá, uma coisa de cada vez... Até vem aí o fim-de-semana.

E há bolachas de chocolate na despensa.

E um livro da Ursula K. Le Guin para ler.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

E a semana foi assim...

por Diana M., em 15.06.15

semana (1) (2).jpg

 

No fundo, no fundo... Já lá vão duas semanas. Esqueci-me completamente de fazer este post na semana passada, mas como a minha vida não é muito agitada, também não perderam muito.

 

Na vida real: Nestas duas semanas o que fiz, basicamente, foi acabar um trabalho, começar outros, completar outro, enfim. Neste momento tenho três trabalhos em mãos e quero fazê-los o melhor possível num período de tempo mais curto possível também. Porque não há tempo para tudo e porque os prazos, quando os há, são todos uns a seguir aos outros, já se sabe. Esta semana que passou estive uns dias sozinha em casa porque os meus pais foram para o Alentejo passear. Nesses dias aproveitei para adiantar os trabalhos que falei acima, mas também para desfrutar da sala e da televisão da sala só para mim! Apesar da ansiedade ameaçar, ao início, não foi nada que não conseguisse resolver logo no primeiro dia em que apareceu com o meu comprimido milagroso. Depois vieram os anos dos meus irmãos (tenho um mano e uma mana mais novos que são gémeos) e foi assim que se acabou esta semana.

 

Na TV: Continuei a ver Breaking Bad (adoro o Jessie!) mas ainda não consegui ter cabeça para me atirar aos últimos quatro episódios de Outlander. Apesar de saber o que aí vem, acho que tenho de ter o coração e a cabeça preparados para ver aquilo. Por incrível que pareça, esta semana dei por mim a ver as Marchas Populares na tv. Eu, que nunca vejo marchas e não me interesso particularmente. Mas este ano calhou, e vi algumas. Até foi giro, e acabei por ver a marcha que venceu este ano, a do Alto do Pina.

 

Filmes: Vi tanto filme! Principalmente estes dias em que os meus pais não estiveram em casa, foi ver filmes que tinha aqui para ver gravados na box e outros que apanhei, por acaso, na tv. 

1 (1).jpg

 

O primeiro filme que vi foi o Catch and Release, ou em português Surpresas da Vida, com a Hillary Swank e o Timothy Olyphant. É bom para passar o tempo, para descontrair, agradável e com uma história suficientemente interessante para me manter atenta.

Depois vi, finalmente, o Only Lovers Left Alive e meu deus, adorei! É um filme com uma narrativa simples, não tem uma história extraordinariamente complexa. É um filme que vale pela banda sonora, pelas personagens e pelas prestações dos actores, pelas várias referências artísticas e literárias (que adorei!), pela atmosfera, pelo Tom Hiddleston e pela Tilda Swinton. Ambos estão fantásticos.

Depois vi o August: Osange County, ou em português Um Quente Agosto, que é, basicamente, um filme sobre uma família normal. Ou seja, de loucos. O ponto de partida é um funeral. Morre o patriarca de uma família e todos se juntam: filhos, netos, cunhados, irmãos. A Meryl Streep tem uma prestação fenomenal, tal como Julia Roberts. É um daqueles filmes em que, às tantas, anda tudo à batatada porque alguém se lembrou de dizer as verdades, há segredos que são só descobertos na altura, laços que se estreitam, laços que se quebram, revelações, e uma matriarca (Streep) que é insuportável. Gostei muito deste filme, também.

2.jpg

 

Além destes, ainda deu para rever na televisão o Chocolate, com a Juliette Binoche, Johnny Depp e Judi Dench (vejo este filme sempre que o apanho, é delicioso), o Notting Hill com o Hugh Grant e a Julia Roberts, e o A Vida é Bela, que é um filme extraordinário como eu nunca vi nenhum outro.

 

A Ler: Comecei e acabei de ler o livro The Martian, de Andy Weir. Foi uma boa leitura, gostei bastante, e estou ansiosa para ver como é que o Ridley Scott se vai sair com a adaptação para o cinema. Qual será a minha próxima leitura? Ainda não sei. Veremos...

 

Música da semana: Voltei a ouvir o álbum O do Damien Rice, que adoro e que até esteve cá no NOS Primavera Sound no Porto. É impossível mencionar só uma música, porque todo este álbum é qualquer coisa de especial. É daqueles que nos faz chorar copiosamente para nos sentirmos melhor depois. Adoro. Fica aqui um cheirinho de Cold Water.

 

"Lord, can you hear me now? Or am I lost?..."

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desafio 52 semanas - Semana #9

por Diana M., em 11.06.15

lk.jpg

Quase tudo pessoas mortas, aviso já. Não é ser mórbida, mas a verdade é que quase todas as pessoas que gostava de conhecer já se foram. E algumas delas são estas:

William Shakespeare - O grande génio da literatura inglesa, com uma obra que ainda nos dias de hoje continua relevante e é alvo de análise. Descobre-se sempre algo de novo, as suas peças ou a sua vida são constantemente alvo de adaptações para o cinema... Como não querer conhecer este génio da literatura?

J. R. R. Tolkien - Cada vez que leio alguma coisa dele ou sobre ele fico mais fascinada com a sua pessoa, as suas ideias, a sua escrita e a sua cultura. Ele sabia tanto sobre tanta coisa, algumas que me interessam bastante também, que seria daquelas pessoas que eu convidaria para uma conversa ao jantar e pela noite fora. Ele devia ser daquelas pessoas que se ouve por horas a fio nem que fosse a falar sobre a lista telefónica.

Kurt Cobain - Os Nirvana são das minhas bandas preferidas de sempre e a morte do Kurt Cobain ainda hoje é um choque e ainda hoje há teorias da conspiração sobre se ele se suicidou, se foi assassinado, se foi tudo premeditado, enfim... Acho que tudo isso rouba atenção ao seu génio artístico, à inovação que ele trouxe ao mundo musical e penso que ele seria uma pessoa muito interessante. Gostava de conversar com ele sobre música e poesia. E seria feliz.

Tom Hiddleston - Tom, Tom, Tom... Ele é Shakespeare, ele é mitologia nórdica, super-heróis, fala francês, tem prestações fantásticas, tem imensa cultura e eu quero-o. Conhecê-lo, claro. Provavelmente também esteja influenciada pelo facto de ter visto ontem o Only Lovers Left Alive e ter adorado.

Frida Kahlo - O filme biográfico com o mesmo nome é um dos meus filmes favoritos. Além de artista genial acho que ela era uma pessoa extraordinária, cheia de histórias para contar e dona de uma personalidade muito peculiar. Adorava conhecê-la e ser "bff" dela.

Autoria e outros dados (tags, etc)

O Calor e uma ode ao Frio

por Diana M., em 09.06.15

summer-and-winter.jpg

 

O calor. Essa coisa pela qual a maioria anseia todo o ano. Calor é sinónimo de férias, viagens, praia, noites na esplanada com os amigos, pele bronzeada, dias inteiros a torrar ao sol... Detesto. Levem-me já para a Gronelândia!

 

Não gosto do calor porque me deixa mole, sem capacidade de concentração. Deixa-me lenta, derrete-me os miolos, faz-me transpirar, e tendo uma pele sensível ao sol faz com que eu fuja dele o máximo possível. Não me deixa usar maquilhagem porque não quero parecer uma palhaça com a cara oleosa a escorrer maquilhagem. Nos últimos dias tem-me apetecido taaanto maquilhar-me, mas com o calor que tem feito, nem sequer me tenho dado ao trabalho. Não tenho paciência.

 

Agora apetece-me fazer uma ode ao frio.

 

Gosto tanto do frio!!! Aquele início na meia estação, em que as noites começam a ficar mais frias, quando pomos mais um cobertor na cama, quando passamos a usar um casaco de malha no dia-a-dia, as folhas das árvores começam a cair... E depois vem o frio a sério. Os casacões, as golas altas, as botas (ai as botas!!), o edredon (no meu caso será no plural), a chuvinha, a possibilidade de me maquilhar sem me preocupar com a oleosidade aos litros... Ai quero tanto que chegue o friozinho!

 

Com o calor perco a vontade de comer refeições mais elaboradas e pesadas, é tudo à base de saladas, grelhados, coisas mais ligeiras. Gosto da parte das frutas, dos sumos de frutas, dos gelados, dos morangos, cerejas, melancias, uvas, e... caracóis! Não são uma fruta, fugi ali um bocado ao tema, mas... caracóis! Adoro. Mas com o inverno vem o cozido à portuguesa, o bacalhau com natas (de soja, se faz favor), os guisados, as comidas mais quentinhas e reconfortantes... E vamos não falar nos doces todos do natal. Por favor.

 

Por isso, perdoem-me este post que, no fundo, é sobre coisa nenhuma. Mas estou a sofrer tanto com o calor que me apeteceu desabafar e contar-vos o meu amor pelas estações mais frias. Inverno: vem a meus braços!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desafio 52 Semanas - Semana #8

por Diana M., em 04.06.15

filmes.jpg

A Bela Adormecida - É, sem dúvida nenhuma, o meu filme preferido de sempre!! Adoro, adoro! Quando era pequena sabia-o de cor, e ainda hoje sei algumas falas. Amo de paixão!

Sleeping-Beauty-e1375494438132.jpg

A Bela e o Monstro - Mais uma história de amor, uma maldição, objectos que falam e... uma biblioteca colossal que é o sonho de qualquer bibliófilo que se preze.

BBmain-pic.jpg

Brave - Adorei a história de Mérida por ser uma heroína que salva os outros e a si própria. É independente, forte, corajosa e não precisa de nennhum príncipe encantado. Ela vale por si mesma. Além disso: Escócia e cultura celta. Muito amor!

orig-21039740.jpg

O Rei Leão - Ainda hoje choro a morte do Mufasa e rio-me às gargalhadas com o Timon e Pumba.

LionKingCast.jpg

Em Busca do Vale Encantado - A obsessão que eu tinha com este filme quando era pequena!! Vi e revi este filme centenas de vezes e adoro! Também choro sempre que a mãe do "pescoçudo" morre. Sou uma chorona, não posso ver nada... Só de falar no filme fiquei com vontade de o ver novamente.

em_busca_do_vale_encantado_1.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esta semana foi assim...

por Diana M., em 01.06.15

semana (1) (2).jpg

No mundo real: Esta semana que passou andei ocupada com os preparativos finais para o seminário do Tolkien, que foi na sexta-feira. Dar uns retoques no texto, preparar a apresentação, tentar manter-me relativamente relaxada para não deixar escalar a minha potencial ansiedade. O facto é que me deixei ficar em casa uns dias, fazer algumas coisas que abstraíssem a minha mente do facto de ter que ir falar perante um anfiteatro cheio, dormir bem, comer bem, tratar de mim mesma para que tudo corresse bem no dia D. E correu! Foi muito bom, super divertido, um dia inteiro dedicado a Tolkien: aos seus livros, ao imaginário, aos filmes, aos jogos de computador, às línguas inventadas por ele, aos textos menos conhecidos... Foi muito bom e a parte que me competiu correu super bem. O nervoso miudinho estava lá mas não passou disso.

Na TV: Já vi a terceira temporada toda e já vou no início da quarta temporada de Breaking Bad. Oh. Meu. Deus. Como é que eu deixei passar tanto tempo sem ver esta série?? É daquelas séries que se nota uma clara evolução desde o início, vai ficando cada vez melhor e mais complexa. Agarra do início ao fim, e sei que uma vez fiquei até quase às 2h da manhã a vê-la porque não conseguia ver só um episódio. Aquilo é viciante! Esta semana acabou também a primeira temporada de Outlander e só sei que tenho ali os últimos quatro ou cinco episódios para ver. Tenho que preparar um "binge watching".

A Ler: Acabei o 2001: A Space Odyssey do Arthur C. Clarke. Gostei do livro, é um clássico da ficçã-científica e acho que nunca mais vou olhar para o espaço e para a lua da mesma maneira. É muito interessante e agora só me falta ver o filme do Kubrik. 

Filme da semana: Vi o The Birds, de Alfred Hitchcock - nunca pensei que pássaros pudessem ser tão assustadores e percebo perfeitamente quem tem fobia a todos os animais com penas. Ainda assim, penso que é um filme genial, complexo e com imensas análises possíveis. Além deste, vi o Nosferatu de F. W. Murnau. Um filme velhinho, com quase 100 anos, mudo, a preto e branco, mas ainda assim assustador. Aquela figura do conde Orlok é tão, mas tão sinistra... Gostei do filme e é mais um clássico do cinema que vi. Este fim-de-semana também deu o Only Lovers Left Alive no TVCine 2 e aproveitei para gravar. Quero ver se o consigo ver durante esta semana.

Música da semana: Alesia, dos Eluveitie

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Leituras

A Ler


goodreads.com


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D