Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dramas de Primeiro Mundo

Dramas de Primeiro Mundo

01.Out.14

Ansiedade

Diana M.
Não estou, decididamente, habituada a ter ataques de ansiedade.
Ou seja, estou. Mas há tanto tempo que não tinha um (há anos, really, nem no dia da defesa da minha tese, no ano passado, nem quando tive que apresentar uma comunicação numa conferência, há dois anos) que já não estou habituada.

Correndo o risco de parecer "mariquinhas", está-me a dar isto porque os meus pais vão passar uma semana fora, na terra dos meus avós, no Alentejo. As vezes que eles já fizeram isto e não me aconteceu nada. As vezes que eles foram e eu feliz da vida com a casa só para mim, sem problemas nenhuns. Desta vez tinha que me dar o badagaio. Julgo que, por causa do stress das últimas semanas provocado pelas confusões na faculdade, o meu sistema nervoso esteja em baixo e agora se esteja a ressentir assim. 

Há uns dias estava com a tensão alta e com as pulsações super aceleradas - eu que nunca tive tensão alta. Já me doem os maxilares de estar constantemente a contraí-los, involuntariamente. Não passam dois dias sem me dar a volta à barriga. Noites dormidas só até às 5h ou 6h da manhã. Sensação de nervos em franja, em que à mínima coisa me apetece desatar numa choradeira. A sensação de estar sozinha sem poder contar com ninguém. E apesar de saber que esta última não é verdade, é assim que sinto. E a sensação de perda de controlo. De querer ficar fechada em casa, dormir até que isto passe.

Já disse que eles ainda nem sequer se foram embora? Imaginem quando forem.