Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dramas de Primeiro Mundo

Dramas de Primeiro Mundo

30.Out.14

Update do último post

Diana M.
Apresentação feita. De manhã acordei de uma noite bem dormida - o ansiolítico não me deu sono, mas ajudou-me a dormir mais profundamente e sem interrupções durante a noite - por isso senti-me bem de manhã. Tinha aquele nervoso normal de alguém que não gosta de falar em público, mas para mim o nervoso normal é algo espectacular, porque eu só tenho a experiência de coisas extremas. Por isso, nervoso miudinho é bom.

Não necessitei de tomar outro ansiolítico, mas levei um na carteira, just in case. Apresentação feita, sem me engasgar, sem me esquecer de coisas, e correu tudo bem. Agora vem aquilo a que em inglês se chama "coming down" - ou seja, depois de um momento em que a minha adrenalina esteve ao máximo, depois do nervosismo antes da apresentação, e da apresentação em si, vem aquele momento em que o corpo e a mente voltam a adaptar-se a estarem normais. Isso traduz-se por: parece que levei com um camião em cima. É super cansativo, sinto-me exausta, mas é mesmo assim depois de um ataque de ansiedade. Apesar de não ter sido algo forte, é algo que me atinge e todas estas reacções são normais, estou habituada.

All in all, foi um dia que correu bem. Para aqueles que sofrem de algum distúrbio de ansiedade e que podem estar a ler isto, sabem que é verdade. O dia correu bem. Para aqueles que não sabem nem nunca sentiram isto na pele, devem estar a pensar "credo! isto é um dia bom??" Hehehe É. Consegui manter as coisas controladas, consegui fazer aquilo que era suposto fazer, e o meu sistema nervoso não entrou em overload excessivo. Quando não somos apanhados desprevenidos e conseguimos identificar o que nos está a acontecer, conseguimos agir para nos fazermos sentir melhor. 

Agora já posso descansar. Desta já me safei :)