Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dramas de Primeiro Mundo

Dramas de Primeiro Mundo

28.Abr.15

Grey's Anatomy - Derek Shepherd

Diana M.

Greys-Anatomy-Derek-Shepherd-Poster.jpg

 (sim, o poster é da temporada 7 mas é um dos meus favoritos)

 

Acompanho esta série desde o início e sempre foi uma das minhas preferidas. Durante muito tempo quis ser cirurgiã e tenho muita curiosidade sobre a área da medicina. Há uns anos fui operada ao joelho e o médico, inclusive, perguntou se eu queria ver e claro que disse logo que sim! Adorei, parecia que estava a ter uma aula e a ver o meu joelho por dentro.


Por isso, séries como a Grey, o saudoso E.R., Private Practice e afins, foram coisas que vi com imenso gosto e curiosidade. Sempre gostei do misto de casos médicos, desde as coisas mais simples às mais complexas, com a parte emocional, das relações humanas, umas mais complicadas do que outras, entre os médicos que "habitam" um hospital.

 

Mas depois vem a Grey, culpada de muitos suspiros, muitas tensões e muitos choros. Oh, sim. Muita choradeira e coisas bonitas no meio da tragédia. Penso que só não vi a décima temporada toda porque na altura desinteressei-me, mas depois a décima primeira lá me cativou outra vez e lancei-me.

 

Já andava por aí muito burburinho na internet, principalmente nas redes sociais sobre o episódio mais recente que estreou sexta-feira passada. E eis que, depois de conseguir evitar spoilers, ontem lá fiquei a saber o que se passava. E foi mais choradeira. AVISO: SPOILERS A PARTIR DAQUI

 

Querida Shonda Rhimes:

 

PORQUE TINHAS QUE MATAR O DEREK??!?!?!? O meu coração esteve angustiado até ao fim, na esperança de que o Derek acordasse, como que por milagre, mesmo depois de desligarem as máquinas, mas não. O Derek foi-se. Ainda por cima depois de actos tão generosos e dignos, depois de ter salvo vidas, depois do "It's a good day to save lives". Há muito tempo que não sentia a morte de uma personagem tão a peito. Porque ele era das personagens mais queridas, mais antigas da série, a par da Meredith, Richard, Bailey, Callie e Karev. O MacDreamy foi-se da maneira mais irónica e mais cruel. O destino prega partidas, tem destas coisas e Shonda Rhimes mostrou isso tão bem neste episódio. Vou sentir tanta falta do Derek e do amor que partilhava com a Meredith. De todos aqueles momentos mágicos que uma pessoa da vida real pode só sonhar. Estou para aqui toda melosa, sim, mas eu gostava mesmo do Derek e não queria que ele se fosse embora... Depois de tudo o que passou, das várias quase mortes, daquilo que ele e a Grey tiveram que ultrapassar... Shonda, porque não me deixaste viver com a ilusão do feliz para sempre?!?!

 

Oh well... E depois de tudo, esta ainda é uma das minhas cenas preferidas:

 Bye Derek. You'll be sorely missed...

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.