Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dramas de Primeiro Mundo

Dramas de Primeiro Mundo

28.Abr.15

Grey's Anatomy - Derek Shepherd

Diana M.

Greys-Anatomy-Derek-Shepherd-Poster.jpg

 (sim, o poster é da temporada 7 mas é um dos meus favoritos)

 

Acompanho esta série desde o início e sempre foi uma das minhas preferidas. Durante muito tempo quis ser cirurgiã e tenho muita curiosidade sobre a área da medicina. Há uns anos fui operada ao joelho e o médico, inclusive, perguntou se eu queria ver e claro que disse logo que sim! Adorei, parecia que estava a ter uma aula e a ver o meu joelho por dentro.


Por isso, séries como a Grey, o saudoso E.R., Private Practice e afins, foram coisas que vi com imenso gosto e curiosidade. Sempre gostei do misto de casos médicos, desde as coisas mais simples às mais complexas, com a parte emocional, das relações humanas, umas mais complicadas do que outras, entre os médicos que "habitam" um hospital.

 

Mas depois vem a Grey, culpada de muitos suspiros, muitas tensões e muitos choros. Oh, sim. Muita choradeira e coisas bonitas no meio da tragédia. Penso que só não vi a décima temporada toda porque na altura desinteressei-me, mas depois a décima primeira lá me cativou outra vez e lancei-me.

 

Já andava por aí muito burburinho na internet, principalmente nas redes sociais sobre o episódio mais recente que estreou sexta-feira passada. E eis que, depois de conseguir evitar spoilers, ontem lá fiquei a saber o que se passava. E foi mais choradeira. AVISO: SPOILERS A PARTIR DAQUI

 

Querida Shonda Rhimes:

 

PORQUE TINHAS QUE MATAR O DEREK??!?!?!? O meu coração esteve angustiado até ao fim, na esperança de que o Derek acordasse, como que por milagre, mesmo depois de desligarem as máquinas, mas não. O Derek foi-se. Ainda por cima depois de actos tão generosos e dignos, depois de ter salvo vidas, depois do "It's a good day to save lives". Há muito tempo que não sentia a morte de uma personagem tão a peito. Porque ele era das personagens mais queridas, mais antigas da série, a par da Meredith, Richard, Bailey, Callie e Karev. O MacDreamy foi-se da maneira mais irónica e mais cruel. O destino prega partidas, tem destas coisas e Shonda Rhimes mostrou isso tão bem neste episódio. Vou sentir tanta falta do Derek e do amor que partilhava com a Meredith. De todos aqueles momentos mágicos que uma pessoa da vida real pode só sonhar. Estou para aqui toda melosa, sim, mas eu gostava mesmo do Derek e não queria que ele se fosse embora... Depois de tudo o que passou, das várias quase mortes, daquilo que ele e a Grey tiveram que ultrapassar... Shonda, porque não me deixaste viver com a ilusão do feliz para sempre?!?!

 

Oh well... E depois de tudo, esta ainda é uma das minhas cenas preferidas:

 Bye Derek. You'll be sorely missed...

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Diana M. 30.04.2015 18:45

    Estava tudo tão bem com eles! Ainda pensei que fossem pegar pelas suspeitas de infidelidade da Meredith em relação ao Derek para vir mexer com ela, mas afinal não. Mas "mataram-no" porque o Patrick Dempsey já vinha há algum tempo a dizer que queria deixar a série. Agora é piloto em corridas de automóveis, por isso a sua saída tinha que ser uma coisa definitiva. Lá vamos nós deixar de suspirar pelo McDreamy...
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.